Notícias



15/12/2020
Autor: Angela Hiluey
Boletim Informativo da Associação Brasileira de Psicoterapia | Nº 13/2020 | Dezembro


Associados e Associadas da ABRAP,

Concidadãos e Concidadãs, Sociedade Brasileira.

 

Palavra da Presidente

 

Dezembro de 2020 chegou. Desde muito tempo, nessa época acompanhamos as diversas retrospectivas relativas ao ano que vai se findando. A ABRAP crê que não deva divergir desse costume instituído e, portanto, vai fazer uma retrospectiva através da história na qual fomos narradores e personagens: a história da nossa vida na ABRAP neste ano de 2020.

Iniciamos reforçando qual foi nossa atitude, também esse ano, pois seguimos à disposição dos psicoterapeutas e da população como um todo enquanto ao mesmo tempo fomos reforçando os vínculos com as diferentes entidades do campo do conhecimento. Estamos em constante atividade de pensar e para tanto as reuniões com colegas, os Seminários, as Lives e os Diálogos Interativos ofereceram e oferecem o contexto propício a esse pensar.

Em decorrência dessa nossa atitude foi-nos possível delinear projetos para o ano de 2021.

Sendo assim vamos inverter a ordem costumeira: primeiramente será apresentado o nosso projeto de atividades para o ano de 2021 para a seguir, sim, virmos a apresentar a nossa Retrospectiva do ano de 2020.

Esse nosso projeto de atividades/2021 será introduzindo acompanhado de nossa aspiração por um “Eu acredito que” o qual esperamos que lhes acompanhe por 2021.

E assim focando o “Eu acredito que” vamos falar sobre a Dama da Noite.

Apreciemos a Dama da Noite que aqui lhes enviamos:

 

A Dama da Noite tem esse nome porque suas flores se abrem no final da tarde ou início da noite ficando abertas até o dia clarear, enquanto exalam um aroma que perfuma todo o ambiente. A florada inicia no final da primavera e vai até o final do verão.

Estamos, portanto, em tempos da Dama da Noite exalar perfume.

Segundo a lenda popular, a flor da Dama da Noite é poderosa e tem o poder de realizar desejos. Segundo a lenda, deve-se fazer o pedido na época da floração da planta, e certamente será atendido.

O que nos impede de sermos como a Flor da Dama da Noite? poderosos para realizarmos os nossos anseios e metas? Que possamos numa grande florada estarmos colaborando entre nós para pensarmos e criarmos contextos seguros para a construção de meios para enfrentarmos as adversidades.

O projeto de atividades que ora apresentamos para 2021 é resultado da interlocução que aconteceu em 2020. Nós acreditamos, pois tivemos uma experiência que evidenciou o mérito da colaboração entre os seres humanos de diferentes campos do conhecimento.

Que 2021 permita que mais seres humanos venham a dizer: eu acredito que o tempo para pensar que permite a análise crítica deve ser ambicionado e, portanto, conquistado.

Que o cuidado de uns para com os outros e outras seja o amparo para os dias que vivemos e para a construção desse tempo de pensar em companhia. Que construamos equipes interdisciplinares entre nós!

A ABRAP seguirá à disposição.

2021 vai contar certamente com gente que acredita nas possibilidades amorosas dos seres humanos.

Que a leitura de nosso Boletim ABRAP lhes seja prazerosa.

Atenciosamente, Angela Hiluey

                           Presidente da ABRAP- Associação Brasileira de Psicoterapia

                           Gestão 2019-2021

Uma das maneiras de que dispomos para apresentar nossas atividades e compartilhar informes é o nosso site www.abrap.org em especial na seção ABRAP INFORMA. Outra maneira é este boletim periódico, o qual também inserimos no site, além de divulgar por e-mail, e pelas redes sociais a cargo de nossa 2ª vice-presidente a Dra. Marluce Muniz de Souza Pedro: Facebook- @ABRAP.org.br; chamadas pelo Twitter- @ABRAP_ABRAP; e Instagram- oficialabrap.

Esta é a 13ª edição do nosso boletim informativo.

Iniciamos com o nosso projeto de atividades para o ano de 2021.

Esse projeto nos permite seguir realizando a missão que temos: oferecer oportunidades de intercâmbio entre psicoterapeutas dos diferentes referenciais teóricos. Oportunidades essas que favoreçam a percepção tanto de nossas dificuldades, como de nossas possibilidades, que nomeemos nossos desafios e quiçá delineemos as ações para nos havermos com tais desafios. Estaremos contando com colegas nos Diálogos Interativos que serão virtuais, e somente presenciais quando forem seguros. São psicoterapeutas e pesquisadores permitindo assim a visualização da pesquisa e prática clínica integradas.

Continuaremos contando com a preciosa colaboração da NetStern, sob a direção do Sr. András Fleury, que nos prestou inestimável apoio técnico no enfrentamento do ambiente virtual, que se impôs a partir do início de 2020 como alternativa para podermos seguir com nossos trabalhos.

Com grande satisfação, apresentamos os/as colegas que nos dão a honra de conduzirem os Diálogos Interativos ABRAP nos próximos meses já no ano de 2021:

Dia 26 de fevereiro às 19h: Profa. Dra. Silvia Lordello, pedagoga, psicóloga, professora adjunta da Universidade de Brasília, atualmente dedica-se a um projeto de pesquisa sobre Intervenções psicossociais no campo das vulnerabilidades em diferentes contextos. Sua apresentação versará sobre intervenções terapêuticas durante a pandemia.

Dia 19 de março (horário a confirmar): Apresentadoras: Profa. Me. Ana Paula Nassif Lofrano Stefani, psicóloga, psicoterapeuta e formadora nas Metodologias Ramain, Dia-Log, TED (Thérapie d´Échange et Développement), pesquisadora associada do LEDA-USP e Universidade de Paris; Profa. Dra. Camila Mazetto (vive em Nova York), psicóloga, especialista em metodologias Ramain, Dia-Log, TED, pesquisadora pela Universidade de Paris e realiza pesquisas no Brasil envolvendo validação de escalas; Psicoterapeuta Maria Clara Nassif, psicóloga, assistente social, sócia-fundadora da Cari-Psicologia e Educação, certificada formadora de terapeutas nos métodos Ramain, Dia-Log, TED, pesquisadora colaboradora na colaboração internacional entre a Cari, USP e Université de Paris. Apresentação intitulada: A psicoterapia como espaço que contribui para a formação de um sujeito pensante e crítico.

Dia 16 de abril (horário a confirmar): Prof. Dr. Marcelo Ceberio, psicólogo, co-diretor da Escola Sistêmica Argentina, vice-presidente de Relates- Rede europeia e latino-americana de escolas sistêmicas. Criou e dirige o Doutorado da Universidade de Flores em neurociências, modelo sistêmico e cognitivo. Dirige o Lincs-Laboratório de investigação em Neurociências e Ciências Sociais. Sua apresentação se dará a partir do entrelaçamento de diferentes modelos teóricos.

 

Dia 14 de maio às 19h: Profa. Dra. Fernanda Serralta, psicóloga, professora adjunta da Universidade do Vale dos Sinos, pesquisadora no Programa de Pós Graduação em Psicologia, coordenadora do Laboratório de Estudos em Psicoterapia e Psicopatologia. Apresentação intitulada: Desafios e possibilidades de integração entre pesquisa e prática clínica.

Esses Diálogos Interativos são atividades que estarão implicadas na construção que surgirá no II Seminário Nacional Interativo que realizaremos aos 27 e 28 de agosto intitulado- A psicoterapia no mundo contemporâneo: definindo a psicoterapia e quem a deve realizar.

Organização: Profa. Dra. Angela Hiluey, Espec. Rachel Zausner Skarbnik, Espec. Renata Cunha Horta de Magalhães

Comissão científica: Dr. Waldemar José Fernandes; Profa. Dra. Mathilde Neder; Profa. Dra. Angela Hiluey.

A experiência permite que evidenciemos a dimensão da complexidade do campo do qual nos ocupamos e assim a nossa responsabilidade no exercício da psicoterapia, também fica bem dimensionada. Esperaremos vocês nessas atividades na expectativa de termos uma produção que nos enriqueça e assim iremos conquistando melhores condições para atendermos a nossa população. Até 26 de fevereiro/2021.

 

Sigamos agora, conforme informado, com a nossa retrospectiva histórica do ano de 2020:

     . Desde o início do ano de 2020 nossa presidente, Angela Hiluey, representou a ABRAP como ad-hoc no Grupo de Trabalho de Psicoterapia do Sistema Conselhos. Reuniões quinzenais permitiram um aprofundamento do tema para se produzir um material que contemplasse as solicitações da APAF/2019 para nosso GT. Tal resultado do trabalho realizado foi encaminhado para a reunião da APAF (Assembleia de Políticas, da Administração e das Finanças), que acontece em dezembro/2020.

        Nossa presidente representou a ABRAP nas reuniões e nas diversas outras atividades desenvolvidas pelo FENPB- Fórum das entidades nacionais da psicologia brasileira.

Ministrantes: Juan Luis Linares (Espanha); Regina Giraldo (Colômbia); Matteo Selvini (Itália); Rita Sanchez (Brasil); Luciano de Gois Vasconcelos (Brasil); Marluce Muniz de Souza Pedro (Brasil)

Moderadora: Angela Hiluey

Ministrantes: Gianmarco Manfrida e Valentina Albertini

Moderadoras: Angela Hiluey e Marluce Muniz de Souza Pedro

  • 13 de junho- A Acreditação da Psicoterapia na Espanha. Subsídios para continuar desenvolvendo os procedimentos brasileiros de acreditação: https://youtu.be/br53Tk7oR8g

Ministrantes: Javier Ortega e María José Duran

Moderadoras: Angela Hiluey e Maria Clara Nassif

  • 26 e 27 de junho- Abertura do I Seminário Interativo Nacional Virtual: https://youtu.be/MFk5npnNiog
  • 26 e 27 de junho- PDF das apresentações de ministrantes que utilizaram slides no Seminário: Dr. Eduardo Isfer; Dr. Saul Cypel; Dra. Rita Sanchez; Profa. Beatriz de Paula Souza; Dra. Aceli de Assis Magalhães; Dr. Claudinei Affonso; Dra. Maria Julia Kovács. Acesse o PDF das apresentações AQUI  Agradecemos aos apresentadores por possibilitarem essa divulgação de seus slides.

Título: O ser humano e a psicoterapia nos dias atuais: a construção do fazer psicoterapêutico.

Temas: Nascimento; Infância; Adolescência; Vida familiar; Educação; Questões de gênero; Vida profissional; Lazer; Medicação; Vida e Morte.

Agradecemos aos e as ministrantes, aos moderadores e as moderadoras, aos e as participantes desse Seminário Interativo Virtual pela disponibilidade mostrada para dialogar. Essa interlocução gerou significativas considerações que favoreceram o despontar de novas ideias que seguramente nos enriqueceram.  Esperamos que novos desdobramentos tenham seguido sendo possíveis.


 


Aos 19 de julho aconteceu a Live- “Psicologia Clínica: limites e Possibilidades durante a Pandemia” organizada pelo Conselho Regional de Psicologia de São Paulo. Nossa presidente, Angela Hiluey lá esteve a convite do CRP-06 para, em companhia de Davi Rodriguez R. Fernandes, e contando com a moderação de Sarah Faria A. Teixeira Conselheira do 16º Plenário, dialogar sobre esse enfoque.

A realização dessa Live mostrou a parceria entre a ABRAP e o CRP-06 que nos é tão significativa.  Foi-nos possível destacar a contribuição que a Psicologia Clínica oferece ao nosso povo a partir da caracterização da mesma e de sua inserção em diferentes contextos.  O diálogo seguiu animado por nossa moderadora e refletimos e delineamos com cores fortes a esperança de virmos a seguir desenvolvendo constantemente práticas efetivas para cada situação na qual a/o psicóloga(o) clínica(o) esteja envolvida(o). Destacou-se a importância da contribuição entre colegas em função das interlocuções.

E aos 28 de agosto de 2020 aconteceu o Diálogo Interativo Virtual “Coaching e Psicoterapia: Possíveis diálogos sobre viabilidade e limites”, focando a teoria, a prática e o/a profissional que realiza o Coaching, com o Prof. Dr. George Barbosa. Através dessa proposta instigante o Dr. George nos mostrou os três principais pilares do coaching: a teoria, a prática e o/a profissional que realiza. Especificou que a teoria se organiza em torno dos mecanismos de mudanças nas pessoas, enquanto a prática se estrutura a partir de métodos efetivamente comprovados e ratificados por pesquisas científicas e que o/a profissional deve possuir reconhecimento de uma instituição formal. A partir desse embasamento teórico/técnico o Dr. George conduziu os participantes/interlocutores para entrarem num debate focando viabilidades e limites quando se fala de Coaching e Psicoterapia.

Visualizou-se com nitidez ser fundamental para o reconhecimento de um profissional seja no Coaching seja na Psicoterapia, que se pautem numa formação sustentada por critérios específicos. Focando-se a formação dos psicoterapeutas objetiva-se que tal formação fomente o aparecimento da Confiança tanto nos psicoterapeutas em si mesmos como em decorrência de sua atuação nos consultantes.

O Dr. George disponibilizou seu material de apresentação em PDF e isso permite que o compartilhemos com vocês. Agradecemos ao Dr. George por ter estado conosco e por esse material disponibilizado. Acesse o PDF da apresentação AQUI

Aos 2 de outubro aconteceu a entrevista com o Prof. Dr. Saul Cypel- A comunicação no mundo contemporâneo: um desafio.

Esse tema de tal relevância pode, para sua contemplação, contar com entrevistadores que foram atendidos com presteza pelo Dr. Saul. Os entrevistadores, a Profa. Dra. Alexandra Ayach Anache, o Comunicador Social João Miguel Marinheiro e a Dra. Marluce Muniz, mobilizaram o Dr. Saul por diferentes perspectivas em função dos campos de sua atuação. Acompanhe pelo YouTube da ABRAP AQUI

Logo a seguir, aos 3 de outubro, aconteceu a entrevista com Matteo Selvini, co-diretor da Escola de Psicoterapia Mara Selvini Palazzoli, a Escola de Milão.

ABRAP e ABRATEF- Associação Brasileira de Terapia Familiar materializaram sua parceria através desse diálogo interativo que permitiu que alguns dos desafios frente ao campo da terapia familiar fossem nomeados. Acompanhe pelo YouTube da ABRAP  AQUI.

 

Aos 30 de outubro aconteceu o Diálogo Interativo Virtual: Constelação Familiar e Psicoterapia: alcances e limites com a Profa. Dra. Christina Neder (Brasil) e a Dra. Claudia Naudi (França) quando evidenciaram que um profissional deve conhecer as possibilidades e limites de seus pressupostos teóricos bem como ter ciência da necessidade de uma formação qualificada para utilizá-los. Contou-se com a moderação da Psicoterapeuta Maria Clara Nassif e da Psiquiatra e Psicoterapeuta Marluce Muniz. Saiba mais AQUI

 

Aos 19 de novembro nossa presidente, Angela Hiluey, representou a ABRAP no I Seminário Virtual da ABEP- Associação Brasileira de Ensino de Psicologia que aconteceu nos dias 18, 19, 20 e 21 de novembro.

Sua apresentação se deu numa mesa redonda intitulada- Desafios antigos e atuais na formação do psicoterapeuta. Nossa presidente focou tais desafios na formação no pós-graduação. A Profa. Dra. Iraní Tomiatto de Oliveira representou a ABEP discorrendo sobre os desafios na formação durante a graduação. O Espec. Rodrigo Acioli representando o Conselho Federal de Psicologia se ocupou da Resolução para o Atendimento on-line e inclusive de suas revisões em tempos de pandemia bem como das dificuldades dos psicoterapeutas referidas ao CFP. Veja AQUI

 

Em novembro a ABRAP esteve acompanhando os eventos preparatórios para o III Simpósio Nacional Psicologia e Compromisso Social- Estamos sob ataque! Tecnologias de comunicação na disputa das subjetividades. Evento ao qual demos nosso apoio. Tais eventos favoreceram uma significativa aproximação às tecnologias relativas a inteligência artificial bem como das diferentes formas como os conhecimentos da psicologia estão implicados de modo a colocar em risco a saúde mental, mas como podem, também, vir a colaborar para pensarmos ações que nos permitam tratar de prevenir as consequências que sejam danosas aos seres humanos. Evidentemente sabemos ao mesmo tempo dos avanços nos diferentes campos consequentes ao avanço tecnológico.

As Entidades da Psicologia fizeram um alerta à Sociedade Brasileira através de uma manifestação assinada por várias entidades de Psicologia no Brasil. Conheça essa Manifestação AQUI

 

 

Reunião Científica ABRAP

Nossa Reunião Científica, coordenada por nossa Diretora Científica Profa. Dra. Mathilde Neder, seguirá acontecendo tão logo sejam possíveis reuniões presenciais.

Nossa diretora científica ainda não domina os recursos tecnológicos. Usamos o termo “ainda”, pois a Dra. Mathilde repete sistematicamente que vai aprender.

O espaço é aberto à participação até mesmo de não associados ABRAP. Inscreva-se através do e-mail: secretaria@abrap.org quando as reuniões presenciais forem seguras.

 

A prática psicoterapêutica no Século XXI.

O conhecimento produzido no campo da Psicoterapia ao longo do tempo nos permite visualizar os desafios advindos dessa própria evolução. Seguimos enriquecendo esse tópico dedicado a Psicoterapia no Século XXI graças a participação de colegas que nos brindam com suas obras.

Nessa edição de nosso Boletim temos a satisfação de mostrar uma produção da Profa. Dra. Maria Julia Kovács, professora senior do Instituto de Psicologia da USP, membro fundador do Laboratório de Estudos sobre a Morte, professora livre-docente do Instituto de Psicologia da USP. Contamos agora, também, com o recém lançamento de sua obra- Educação para a morte: quebrando paradigmas, pela Editora Sinopsys. Seu trabalho permite a visualização de produções que integram os conhecimentos com a experiência prática.

Seu artigo é intitulado “Luto por Suicídios. Posvenção e Cuidados”. Faz-se aqui uma breve apresentação do artigo onde a professora nos instiga a adentrarmos pelo caminho de compreendermos a razão do uso do termo Suicídios ao lado de nos dirigir através de diferentes autores para conhecermos a definição de Suicídios. Os autores, nos escreve a autora, enfatizam que a tentativa de suicídio é a comunicação de que algo não está bem na vida dessa pessoa e que não consegue comunicar. Assim como demonstra que os números de suicídios têm crescido a cada ano nos grupos mais vulneráveis e assim há um alerta sobre a demanda de atenção e cuidados. A autora refere que prevenir se faz através da identificação dos riscos de suicídio o que por sua vez permite a organização de cuidados. A pandemia do Covid-19 levou a um aumento significativo da ansiedade, pânico, frustração, impotência, falta de controle, conflitos familiares, sensação de morte próxima e problemas financeiros o que segundo a autora faz supor que haverá um aumento da ideação suicida. Refere-se a posvenção com as práticas que ajudam enlutados a elaborar os efeitos traumáticos de um suicídio. Segue, então, a autora com as especificidades do luto por suicídio bem como discorre sobre os cuidados a pessoas enlutadas pelo suicídio. Finaliza, Maria Julia, apresentando o trabalho psicoterapêutico que independente da linha terapêutica se faz essencial desde que se mantenha na coerência da compreensão do processo do enlutado, ajudando na legitimação dos sentimentos, na acolhida, empatia e compaixão. Veja o artigo AQUI.

 

Nesse ano de 2020 se tornou possível seguirmos com os atendimentos de psicoterapia em função do uso das TICs- Tecnologia da Informação e Comunicação. Tal possibilidade mesmo já regulamentada desde nov/2018 especificamente para o atendimento on-line em psicoterapia nos remete com maior convicção a busca de conhecimentos assim como para o desenvolvimento dos mesmos para que ofereçamos um atendimento on-line tanto seguro como de qualidade a população. O artigo da Profa. Dra. Fernanda Barcellos Serralta, professora e pesquisadora do Programa de Pós Graduação em Psicologia da Universidade do Vale do Rio dos Sinos- RS e o Prof. Me. Luan Paris Feijó, doutorando na UNISINOS, professor e coordenador do Bacharelado em Psicologia da Factum Faculdade- RS, chega para nos auxiliar. Seu artigo intitulado “Inovações Clínicas em Psicoterapia On-line: Caminhos para a adoção de práticas baseadas em evidências” Seus autores refletem sobre a articulação de dois vértices que impactam a psicoterapia na atualidade: a revolução digital e a crescente valorização das práticas psicológicas baseadas em evidências. Apresentam, então uma breve síntese de sua caminhada enquanto pesquisadores pela temática da investigação dos processos e da efetividade da psicoterapia on-line e os direcionamentos futuros. Faz-se, então, segundo a nossa perspectiva, imprescindível a leitura desse artigo. Veja o Artigo AQUI

 

Parceria Editora Juruá e a ABRAP.

Livros com 20% de desconto.

Mais de 4000 obras com 20% de desconto para associados ABRAP. Saiba mais AQUI.

 

 

Cronograma de Eventos para 2021:

 

 

XIII Congresso de Psicoterapia de FLAPSI y IV Congresso Uruguayo de Psicoterapia.

Nova data confirmada devido a pandemia do Covid-19

Data 20, 21 e 22 de maio de 2021

Local: Virtual

Save the date: 20 a 22 de maio/2021. Saiba mais AQUI.

 

14º Congresso Brasileiro de Terapia Familiar

As Competências do Terapeuta nos Múltiplos Contextos Humanos

Nova data confirmada devido a pandemia do Covid-19

Data 05, 06, 07 de agosto

Save the date: 05 a 07 agosto/2021. Saiba mais AQUI

 

XVII Congreso Relates 2021

Narração e outros enfoques da psicoterapia relacional sistêmica

Data: 24 a 26 de junho de 2021.

Local: Virtual

Save the date: 24, 25 e 26 de junho de 2021. Saiba mais AQUI

 

 

Esperamos encontrar vocês em novas oportunidades ao longo de 2021.

 

Diretoria e Conselhos ABRAP- Associação Brasileira de Psicoterapia.

 

Atenciosamente, Angela Hiluey

                            Presidente da ABRAP- Associação Brasileira de Psicoterapia

                            Gestão 2019-2021